Organização da Juventude Esperantista Carioca

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


EVENTO “VINA” EM SETEMBRO/2018

FONTE FACEBOOK – A Liga Brasileira de Esperanto informa: O VINA – Vintra Aranĝo ou Evento de Inverno da BEJO – Organização da Juventude Esperantista Brasileira – terá a sua 5a edição na lindíssima cidade de Paraty! O VINA é um evento de imersão em Esperanto que acontece no meio do ano, voltado em especial, mas não exclusivamente, para o público jovem (menores de 30). No evento, são propostas diversas atividades como excursões, jogos, cinema, saraus e cozinha coletiva guiadas em Esperanto, para que os jovens e falantes de Esperanto de todo o Brasil possam praticar e se integrar. O evento tem recursos de inclusão social, com subsídio a jovens, e programas que promovem a diversidade cultural na cidade escolhida para sediar o evento. Este ano o evento está sendo realizado pela Karejo – Karioka Esperantista Junulara Organizo – o núcleo de Esperanto da BEJO no Rio de Janeiro. Todos os detalhes estão na página do evento e as dúvidas também podem ser apresentadas lá. A Liga Brasileira de Esperanto e a Associação Esperantista Do Rio de Janeiro apoiam o evento e o protagonismo da juventude. Sucesso aos jovens organizadores!

botao facebook pag

botao vina 5


REFERÊNCIA HISTÓRICA

Fonte: O Esperanto Ilustrado – Fabiano Henrique – 31/03/2015

Jovens criam entidade esperantista no Rio de Janeiro

Jovens do Rio de Janeiro fundaram a entidade chamada KAREJO. A sigla, em esperanto, significa Organização da Juventude Esperantista Carioca. No último sábado, 28 de março, durante reunião realizada na Cooperativa Cultural dos Esperantistas foi oficializada a criação.

De acordo com Matheus Arantes Pacheco, a KAREJO tem como metas “divulgar o esperanto, conseguir meios de transporte para os jovens participarem de congressos e arregimentar mais esperantistas.”

A nova instituição já marcou seu primeiro evento público. Trata-se de um passeio à Quinta da Boa Vista, a ser realizado no dia onze de abril.

Berço de ouro

Desde o início do ano, Leandro Silvestre, Matheus Arantes Pacheco e o francês Alexander Raymond realizaram reuniões na sede da Cooperativa Cultural dos Esperantistas (KKE), a fim de estabelecer as bases da nova entidade. De conversas informais à decisão de estabelecer-se oficialmente o grupo, todas as fases desse “processo de gestação” foram acompanhadas e aplaudidas por co-idealistas de outras gerações.

– O jovem de hoje é o futuro do nosso movimento. Por isso, é necessário estimular, formar e apoiar o surgimento de novas lideranças. A Cooperativa Cultural dos Esperantistas é um local ideal para isso, atendendo a uma vocação histórica – enfatizou o dirigente. O presidente da KKE, Givanildo Costa, declarou que dará todo o apoio necessário para o sucesso do recém-criado grupo:

Na década de 1960, a BEJO (Organização da Juventude Esperantista Brasileira) e a GEJ (Juventude Esperantista da Guanabara) promoviam atividades nas dependências da KKE, bem como imprimiam seus boletins informativos na antiga Gráfica Esperanto, de propriedade daquela instituição. Muitos dos moços de então ocupam hoje posições de destaque no mundo do esperanto.

Espaço na rede

A organização KAREJO já tem espaço nas redes sociais. Dessa forma, busca-se dar maior visibilidade a suas atividades e decisões. O endereço é www.facebook.com/karejorio.


Os links listados nesta página foram pesquisados pelo autor de esperanto.blog