Duolingo lança curso de esperanto para falantes de português

Segundo a Wikipédia, Duolingo é um site web de ensino de idiomas gratuito que utiliza uma plataforma crowdsourcing de tradução de textos. O serviço funciona de maneira que os usuários progridam nas lições ao mesmo tempo que traduzem conteúdo real da internet. O Duolingo está disponível na Web, iOS, Android e Windows Phone.

Em 14 de maio de 2018 começou a funcionar para o público o curso de esperanto para falantes de português.

botao site

Mensagem do delegado-chefe da UEA no Brasil

mensagem delegado chefe

Saluton al niaj UEA-anoj!

Hoje somos 283 membros neste vasto país com 208 milhões de habitantes. Esse dado, que para alguns pode ser motivo de ceticismo ou desmotivação, para outros pode representar uma oportunidade para colocar nossos indicadores no rumo certo, pois, tamanho é o campo, que a probabilidade de melhorias  na colheita é certa.

Aliás, nosso passado indica que já fomos maiores em números: 506 em 2002 (quando ocorreu o UK no Brasil) e 444 em 2014 demonstram que muito há por fazer .

Contudo, sem alardes, forçoso é reconhecer que o momento é de preocupação. A maior organização esperantista, cuja sede se localiza na Europa,  sobreviveu às dificuldades de duas guerras mundiais, ao período da guerra fria, às crises internas, mas o momento atual é, talvez, o mais difícil por que passa nossa querida “Asocio”. O “membrofalo”, que nos últimos anos se acentuou enormemente, é o indicador mais evidente destes tempos difíceis, em que o sentimento de apatia e percepção de inoperância parecem imperar.

A dificuldade é robusta … mas somos esperantistas! Somos portadores de ideais capazes de levar a humanidade a um patamar civilizatório maior, melhor para todos, ideais estes que se apresentam como um sentimento interno capaz de resistir à correnteza da incredulidade e desesperança, mesmo nestes tempos de banditismo, mentiras e guerras.

Ainda que com uma ou outra dificuldade, a chama do ideal, contudo, jamais se apagará. Pelo contrário, que o nosso ânimo de “batalanto” seja fortalecido para que nossas ações efetivas possam demonstrar às pessoas que o Esperanto existe, é uma língua viva que contém em sua proposta um ideal de justiça e paz.

Cada esperantista importa,  cada um é capaz de atuar como sujeito nesse processo de divulgação. Como dito, o campo é enorme e muito o trabalho. Tenhamos a certeza de que, com os nossos esforços, em breve conseguiremos reverter os indicadores pessimistas.

Assim, “batalantoj”, prossigamos com o trabalho incansável de divulgação, persuasão e treinamento, seja pessoal, seja de outrem. E não subestimemos o poder dos mínimos atos, de um telefonema motivador ou  envio de cartas, emails, de uma palestra em escolas, igrejas, sindicatos ou em nossos clubes, ensino presencial ou na internet,  atuando como voluntário, no claro do dia ou no cansaço da noite, … “la nepoj vin benos”.

Em especial, convido-os também para aderir ou renovar a adesão junto à UEA.  Posso imaginar a dificuldade financeira por que muitos estão passando neste momento de crise em nosso país. E é evidente que de maneira alguma o nosso ideal deve ser motivo para agravamento neste campo. Entretanto, aqueles que se sentirem tocados, informo que a “Asocio” dispõe de várias categorias de membros, inclusive com valores módicos:

“MG – Individua membro, kiu ricevas nur la Gvidlibron tra la Esperanto-movado plus la revuon Esperanto rete – Não sócio da BEL +R$27,00” –  jare.

“MG – Individua membro, kiu ricevas nur la Gvidlibron tra la Esperanto-movado plus la revuon Esperanto rete – Sócio da BEL +R$23,00” –  jare

“MJ — Individua membro, kiu ricevas la Jarlibron plus retan version de la revuo Esperanto. Ĝis la aĝo de 29 jaroj ricevas ankaŭ la revuon “Kontakto” – Não sócio da BEL +R$72,00” – jare

“MJ — Individua membro, kiu ricevas la Jarlibron plus retan version de la revuo Esperanto. Ĝis la aĝo de 29 jaroj ricevas ankaŭ la revuon “Kontakto” – Sócio da BEL +R$60,00” – jare

“MA — Individua membro, kiu ricevas la Jarlibron kaj la revuon Esperanto. Ĝis la aĝo de 29 jaroj ricevas ankaŭ la revuon “Kontakto” – Não sócio da BEL +R$177,00”- jare

“MA — Individua membro, kiu ricevas la Jarlibron kaj la revuon Esperanto. Ĝis la aĝo de 29 jaroj ricevas ankaŭ la revuon “Kontakto” – Sócio da BEL +R$148,00” –  jare

Assim, poderá ajudar a maior organização esperantista a cumprir com o seu papel institucional. Eis o “aliĝilo” da BEL: LINK

Ou diretamente, com a própria UEA: LINK

Por oportuno, encerro esta singela mensagem com as sábias palavras de Zamenhof:

“Mi ankoraŭ la lastan fojon admonas vin: laboru ĉiam en plena unueco, en ordo kaj konkordo. Ĉiujn dubajn demandojn, kiuj koncernas la tutan esperantan aferon, kaj kiuj ne tuŝas la personan liberecon de ĉiu aparta esperantisto, solvu ĉiam pace, per regula interkonsiliĝo de viaj egalrajte elektitaj delegitoj kaj per disciplina cedo de la malplimulto al la plimulto. Neniam permesu, ke en nia afero regu la principo: “kiu pli laŭte krias, tiu estas prava”. Per unueco ni pli aŭ malpli frue certe venkos, eĉ se la tuta mondo batalus kontraŭ ni; per interna malpaco ni ruinigus nian aferon pli rapide, ol tion povus fari ĉiuj niaj malamikoj kune. Ne forgesu, ke Esperanto estas ne sole simpla lingvo, kiun ĉiu el ni uzas nur por siaj propraj bezonoj, sed ke ĝi estas grava socia problemo, ke, por atingi nian celon, ni devas konstante propagandi nian aferon kaj zorgi pri tio, ke la mondo havu estimon kaj konfidon por ĝi. Se en nia afero aperas io, kio ŝajnas al ni malbona, ni povas trankvile ĝin forigi per komune interkonsentita decido; sed ni neniam semu en nia tendaro reciprokan malamon kaj malpacon, kiu nur ĝojigas kaj triumfigas niajn malamikojn. En la unuaj jaroj de nia laborado sur nia standardo estis skribitaj la vortoj “espero, obstino kaj pacienco”; tio tute sufiĉis, ĉar ke ni, samideanoj, devas reciproke nin estimi kaj helpi, tio por ĉiu estis komprenebla per si mem. En la lastaj jaroj ni bedaŭrinde ofte forgesis tiun devon; tial nun, transirante en la duan gravan periodon de nia historio, en la duan kvaronjarcenton, ni skribu sur nia standardo novan vorton, kaj ĉi tiun vorton ni ĉiam respektu kiel sanktan ordonon; tiu vorto estas: “konkordo”.” – Paroladoj de Zamenhof, Oka Kongreso 1912 en Kraków.

Frate,

Alex SS
Ĉefdelegito de UEA en Brazilo.

P.S.: laŭ la delegita regularo, “kandidato por delegiteco devas esti individua membro en la kategorio MJ, MA aŭ DM aŭ Honora Membro en la jaro de elekto kaj en la antaŭa jaro. Junulara delegito devas esti ankaŭ individua membro de TEJO”

 Regularo pri Delegitoj: LINK


Informações da UEA neste site: LINK

Vida e obra de Zamenhof continuam a inspirar, 100 anos após sua morte

Mensagem do presidente da Associação Mundial de Esperanto
(Gazetara Komuniko de UEA n-ro 680)

Em 14 de abril de 2017 comemora-se o 100º aniversário da morte de Luis Lázaro Zamenhof, iniciador do Esperanto. Neste dia festivo, a Associação Mundial de Esperanto (UEA) reiteradamente enfatiza a importância e o valor duradouro da sua vida e obra, que se pode ler em trinta línguas no novo site ZAMENHOF.LIFE .

“Zamenhof não só tinha uma intuição brilhante sobre línguas”, comenta o presidente da UEA, Dr. Mark Fettes. “Ele também conseguiu expressar, entre outras coisas através dos seus discursos em congressos, uma visão essencial e ética para o movimento esperantista. Estamos falando da convicção de que os encontros e os debates de “seres humanos com seres humanos” não são apenas úteis na prática, mas também um passo espiritualmente profundo para a compreensão.”

Lázaro Zamenhof nasceu em 1859 numa família de classe média judia, na cidade de Bialistoque, então localizada na parte ocidental do Império Russo. Ainda adolescente, começou a fazer experimentos na criação de uma língua neutra. Finalmente em 1887, em Varsóvia, apareceu o Primeiro Livro da Língua Internacional do Dr. Esperanto. Durante os 25 anos seguintes Zamenhof, junto com sua esposa Clara, dedicaram grande parte do seu tempo, energia e recursos financeiros na promoção do movimento incipiente.

Sua correspondência se alargou, redigiu revistas e livros, escreveu artigos e poemas, traduziu obras da literatura mundial e, por ocasião dos Congressos Mundias de Esperanto em que participou, a exemplo do primeiro, em 1905, apresentou também uma série de discursos inspiradores. Não há como duvidar de que sua militância constante, incansável e prudente, durante aqueles anos amiúde difíceis, foi essencial para a estabilidade da língua e de sua comunidade.

“Em consonância com sua visão ética, Zamenhof obstinadamente se apegou à ideia de que o Esperanto pertence a todos os seus falantes”, acrescenta Fettes. “Ao contrário de muitos outros autores de línguas planejadas, ele desde o início procurou um modo de se desvincular do seu papel de liderança. Por isso, ele reagiu muito favorável à fundação da UEA em 1908, tendo acertadamente visto que o movimento precisava de uma organização diretiva comunitária, na qual todos esperantistas pudessem colaborar, independentemente de suas nacionalidades e de suas diversas tendências ideológicas. Suas ideias e seu exemplo continuam a nos inspirar ainda nos dias atuais.”

Por ocasião do 100º aniversário do nascimento de Zamenhof, em 1959, a Unesco o reconheceu como uma das Grandes Personalidades da Humanidade. Desta vez, o aniversário de sua morte também foi elencado pela Unesco entre os aniversários notáveis no ano de 2017.

Em resposta a tal incentivo, o parlamento polonês em 7 de abril, sob aplausos, aceitou uma resolução quanto ao significado de sua vida e obra. Solenidades, simpósios e outros eventos festivos continuarão a acontecer pelo mundo até o final do ano. Calendário de eventos se encontra no site GAZETARO.ORG.


Fonte: Associação Paulista de Esperanto – Kuriero nº 198

Chamada de atividades culturais e recreativas

Tema: “Esperanto: lingvo kun historio kaj kulturo”

52º BKE e 37º BEJK – Sorriso/MT de 15 a 18 de junho de 2017

A Liga Brasileira de Esperanto – BEL – informa:

1. Abertas as inscrições para Envio de Propostas até o dia 31 de maio de 2017

2. Modalidades:

– Mini Palestra – 12 min
– Palestra com Debate – 20 min + 20 min
– Curso Intensivo, Oficina, Seminário AMO, Tema do Congresso
– Palestra interativa em português – aberta
– Infana Kongreseto
– Ago Tago
– Roda de poesia
– Atividade musical e teatral
– Exposição de filmes

3. Enviar resumo descritivo da atividade (1 lauda) e mini currículo (3 a 4 linhas).

4. Recursos: acesso à Internet, projetor, cópias, consultar a Comissão Organizadora.

5. Contato:

pnascentes@gmail.com
jofobo@hotmail.com
julianaevandro@gmail.com

Observações:
– Abrir Inscrições para cursos de Eo pós congresso.
– Como incentivará a participação? Desafio do focalizador de cada tema!


Fonte:
Paulo Pereira Nascentes

Acompanhamento do projeto de lei do esperanto

dep-arnaldo-faria-de-sa

Brasília DF (BRASIL)

Ontem (23) a página do PL-06162/2009, em tramitação na Câmara dos Deputados, foi atualizada com a publicação do parecer de 4-11-2016 do relator Deputado Arnaldo Faria de Sá, da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, cuja competência consiste em se pronunciar exclusivamente quanto aos aspectos de constitucionalidade, juridicidade, técnica legislativa e redação do projeto de lei.

Em sua manifestação o relator noticiou que não há incompatibilidades no substitutivo aprovado pela Comissão de Educação relativamente aos aspectos constitucionalidade e conteúdo, mas vê um problema a enfrentar: com a atual vigência da Medida Provisória nº 746, de 2016, o inciso III do art. 36 da LDB encontra-se provisoriamente revogado.

Assim, propõe (para a votação da CCJC) que a comissão “por enquanto, deixe de se pronunciar sobre a matéria, resguardando-se para emitir o parecer somente quando a Medida Provisória nº 746, de 2016, tiver sido apreciada.”

Mais informações: LINK